Abertura do post sobre se Ar Condicionado Portátil vale a pena: Mulher aproveitando a brisa do Ar Condicionado

Ar-condicionado Portátil vale a pena? Veja 4 vantagens e desvantagens!

Considerando o calor que faz na maior parte do Brasil o ano todo, não é surpresa que muitas pessoas invistam em um ar-condicionado para suas casas. Porém, além do custo de adquirir o aparelho, também é necessário preparar o ambiente, com uma tomada adequada e uma abertura na parede. E uma alternativa disponível hoje é um modelo portátil. Mas será que o Ar-condicionado Portátil vale a pena para você?

Como qualquer eletrodoméstico, ele traz mais conveniência para sua casa, mas também pode ter seus pontos negativos. Antes de decidir se vai ou não comprar um, é uma boa ideia avaliar alguns dos seus pontos positivos e negativos.

Veja também: O Guia do Eletro fez o review de ótimos modelos de ar condicionado portátil!

4 vantagens do Ar-condicionado Portátil

1. Pode ser deslocado

Como o nome já diz, um dos benefícios desse tipo de ar-condicionado é que ele pode ser movido com facilidade para qualquer lugar. Ou seja, ele não fica restrito a apenas um cômodo da casa. Você pode levá-lo para onde ele for mais útil a cada momento, deixá-lo no quarto durante a noite ou na sala quando há visitas.

Muitos modelos têm rodinhas, para deixar o deslocamento ainda mais fácil. E alguns deles são tão fáceis de deslocar que você pode até levar com você no carro, caso queira viajar para uma casa que não tem um ar-condicionado próprio.

2. Instalação mais rápida e fácil

Outro problema comum do ar-condicionado convencional é o seu tempo de instalação. Se não houver um local adequado, você precisa contratar alguém para abrir um buraco na parede e uma rede elétrica, o que é bem mais demorado.

Com um Ar-condicionado Portátil, basta colocá-lo na posição ideal para refrescar o ambiente e você já pode aproveitá-lo. Sem trabalho nem ter que esperar muito tempo.

3. Funções de desempenho inteligentes

A maioria dos aparelhos de ar-condicionado modernos também têm alguns recursos para otimizar seu funcionamento. E isso não é diferente com os portáteis. Por exemplo, ele pode ser programado para desligar automaticamente após um período de tempo ou quando a temperatura ambiente for ideal.

Também é um eletrodoméstico versátil. Por exemplo, alguns têm a função de umidificador, que também ajuda nos dias mais frios e secos.

4. Menor custo inicial

Tanto o aparelho quanto o processo de instalação costumam ser mais baratos que nos modelos convencionais. Não há custo com instalação elétrica nem nada do tipo, apenas uma reorganização do cômodo.

Ideal para quem está em busca de mais conforto, mas com um orçamento mais limitado no curto prazo.

4 desvantagens do Ar-condicionado Portátil

1. Aparelho faz mais barulho

Comparado com outros modelos convencionais de ar-condicionado, o portátil é um aparelho mais barulhento, pois seu motor realiza maior esforço como parte da refrigeração.

Como resultado, ele emite mais ruído, o que não é ideal para quem se incomoda com esse barulho, tem alta sensibilidade ou sono muito leve.

2. Consome mais energia

Apesar de ser menor que um aparelho convencional, o Ar-condicionado Portátil ainda exige mais energia para seu funcionamento. Isso significa que, a longo prazo, ele pode ter um impacto maior em sua conta de luz.

Você pode mitigar esse impacto usando um modelo mais econômico, mas isso também pode afetar o potencial de resfriamento.

3. Potência mais limitada

Seguindo a mesma linha, vale destacar que o Ar-condicionado Portátil também apresenta suas limitações em termos de resfriamento.

Em geral, cada modelo só é capaz de resfriar um único cômodo por vez e ainda pode ter alguma dificuldade em dias muito quentes. Ainda é um aparelho bem útil, mas você deve levar em conta essa limitação antes de escolher.

4. Precisa de uma localização adequada

Tanto o ar-condicionado convencional quanto o portátil precisam retirar o ar quente do ambiente e introduzir o ar gelado para fazer a climatização.

Sendo assim, eles precisam ter alguma conexão com a área externa ao cômodo. No caso do aparelho portátil, pode ser uma porta ou uma janela. Se ele ficar em um ambiente trancado, não vai poder fazer a troca de calor necessária.

Perguntas frequentes sobre o Ar-condicionado Portátil

Pode usar ar-condicionado portátil na chuva?

O aparelho em si não corre nenhum grande risco se for usado em dias de chuva. Porém, como ele precisa de uma abertura para fazer a troca de calor, a casa pode ficar exposta enquanto ele é usado.
Em dias com chuva muito forte, por exemplo, mesmo uma pequena fresta pode molhar boa parte do cômodo, o que pode danificar o chão e os móveis. Modelos convencionais geralmente incluem uma abertura própria e vedação.

Quanto tempo dura ar-condicionado portátil?

A média do tempo de vida útil de um Ar-condicionado Portátil é de 10 a 15 anos de uso. Porém, se ele for bem preservado, esse tempo pode se estender por algumas décadas.
O aparelho deve perder potência após muitos anos de uso, mas ainda preserva sua utilidade. Basta fazer uma manutenção regular.

Por que o ar-condicionado portátil solta água?

O ar-condicionado tem condensação em seu interior como efeito colateral do resfriamento. Por isso eles geram água enquanto estão ligados. Porém, enquanto os tradicionais têm uma saída de água dedicada, os portáteis armazenam essa água, a qual precisa ser removida.
Se o aparelho já está vazando água, é sinal de que ele está muito cheio e precisa ser esvaziado. Basta retirar a água regularmente para evitar vazamentos.

Conclusão

O Ar-condicionado Portátil é um eletrodoméstico versátil e de baixo custo, mas que exige alguns cuidados para ser usado no dia a dia. Se a flexibilidade for sua prioridade, então ele pode sim ser a melhor alternativa para sua casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *