Guia de Compras: Os 7 Melhores Ventiladores de Parede em 2024!

Buscando o melhor ventilador de parede em 2024, e está difícil de encontrar um aparelho que atenda às suas necessidades nos dias de mais calor?

Isso acontece porque existem muitos modelos no mercado, e como compramos esse tipo de produto poucas vezes na vida, a escolha acaba se tornando mais complicada.

Por isso o Guia do Eletro vai te ajudar nessa missão!

Te mostramos agora os ventiladores de parede mais indicados em 2024, divididos em 3 categorias:

  • Custo Benefício: Modelos que custam entre R$ 180 e R$ 300 em média;
  • Tops de Linha: Modelos que custam a partir de R$ 300 em média;
  • Bons e Baratos: Modelos que custam até R$ 180 em média.

O Melhor Ventilador de Parede em 2024 por Categoria

DetalhesModeloAvaliaçãoOnde ComprarVazãoÁreaConsumoTamanho
(Pás/Grade)
Ventisol
60
Melhor Ventilador de Parede no geral1,09 m³/sAté 25 m²4,29 kWh/mês52,1 cm
61 cm
Tron
C1
2º lugar
Custo Benefício
1,00 m³/sAté 25 m²3,90 kWh/mês52 cm
60 cm
WAP
Pro 60
3º lugar
Custo Benefício
0,84 m³/sAté 20 m²2,69 kWh/mês
48 cm
56 cm
Venti-Delta
Premium
Melhor
Top de Linha
0,99 m³/sAté 40 m²5,28 kWh/mês44,5 cm
49 cm
Tron
Premium
2º lugar
Tops de Linha
1,10 m³/sAté 40 m²3,69 kWh/mês40 cm
50 cm
Ventisilva
VPL
3º lugar
Tops de Linha
1,00 m³/sAté 40 m²4,13 kWh/mês54 cm
65 cm
Ventisol
New 50
Melhor
Bom e Barato
0,86 m³/sAté 20 m²1,98 kWh/mês44 cm
50 cm

Veja também:

Ventiladores de Parede com Melhor Custo Benefício

Para começar nosso post trazemos os ventiladores de parede com custo benefício, que variam de R$ 180 a R$ 300 em média.

Eles são os mais indicados se você tem um comércio ou galpão de pequeno a médio porte, ou quer um produto para colocar em casa, que tenha boa capacidade de ventilação e qualidade de construção satisfatória por um preço intermediário. Vamos a eles:

1. Ventisol 60

Ventilador de parede Ventisol 60 com grade em metal preto, com base pequena e 3 hélices finas

Nossa Avaliação
🏆 Melhor Ventilador de Parede 🏆

Ficha Técnica

Tamanho (Pás / Grade)52,1 cm / 61 cm
Vazão de Ar1,09 m³/s
Área de VentilaçãoAté 25 m²
Consumo (Inmetro)4,29 kWh/mês (B)
Potência200 W
Dimensões (A x L x P)60 x 40 x 60 cm

Prós e Diferenciais

Depois de verificarmos diversos modelos, chegamos a conclusão que o Ventisol 60 é o melhor ventilador de parede, já que oferece um ótimo custo benefício, já que atende as necessidades gerais da maioria dos consumidores.

O Ventisol 60 é um dos ventiladores de parede mais vendidos da atualidade, principalmente por entregar um excelente custo benefício.

Sua primeira grande vantagem é seu desempenho de ventilação. Em testes do Inmetro ele produziu 1,09 m³/s, o que o torna um dos mais fortes da categoria custo benefício. Isso o faz dar conta de uma área de 20 a 25 m² sem maiores problemas.

Outro ponto de destaque são sua resistência e robustez. Ele é um ventilador muito bem construído. Sua grade de metal é reforçada, e tem pintura eletrostática, que dificulta que descasque ou enferruje com o tempo, além de ser muito leve (3kg), o que facilita a instalação e o transporte.

Mesmo sendo um ventilador bem potente e forte, o Ventisol 60 tem níveis de ruído dentro do normal para uma versão de parede. Seu design também é agradável, que passa despercebido, o que é bom para esse tipo de ventilador.

Contras

A Ventisol não inclui isopor ou plástico bolha na embalagem, o que pode causar danos se o transporte for malfeito. Além disso, o Ventilador de Parede Ventisol 60 possui chave com 3 velocidades e não um dimmer, o que seria o ideal.

Detalhes do Ventisol 60

Foco no Ventilsol visto de lado, em oscilação horizontal, instalado em parede branca

Para quem é indicado

O Ventisol 60 é indicado se você procura um ventilador de parede 60cm, e quer um modelo com excelente custo benefício para colocar em ambientes comerciais, igrejas ou até em casa, que tenha capacidade de ventilação elevada e acabamento caprichado.

2. Tron C1

Ventilador de parede Tron C1 com grade em metal preto, com base pequena e 3 hélices finas

Nossa Avaliação
🥈 2º Lugar Custo Benefício
🥈

Ficha Técnica

Tamanho (Pás / Grade)52 cm / 60 cm
Vazão de Ar1,00 m³/s
Área de VentilaçãoAté 20 m²
Consumo (Inmetro)3,90 kWh/mês (B)
Potência140W
Dimensões (A x L x P)60 x 34 x 60 cm

Prós e Diferenciais

O primeiro diferencial do Ventilador de Parede Tron C1 é sua qualidade de construção acima da categoria. Sua montagem é de alto padrão, o que diminui as trepidações, sua grade tem pintura eletrostática, e seu motor tem funcionamento mais suave, o que o ajuda a ser um dos mais silenciosos no geral.

Esse Tron tem vazão de ar de 1 m³/s, e seu desenho mais aerodinâmico permite que ele de conta de uma área de até 20 m² sem perder eficiência. Além disso, seu controle é por dimmer, o que permite achar a velocidade adequada para produzir a coluna de vento ideal para o seu ambiente.

Outro ponto de destaque do C1 é algo que poucas pessoas veem em modelos de parede: um bonito design. Ele não passa a impressão de “produto grosseiro”, e está disponível na cor branca, o que o torna uma alternativa boa para se ter em casa.

Contras

A qualidade da chave de dimmer do Ventilador de Parede Tron C1 não é boa, o que exige cuidado no manuseio. Além disso, o botão de controle de oscilação horizontal é um pouco duro de acionar.

Detalhes do Tron C1

Tron C1 instalado em sala de residência, visto de lado desligado

Para quem é indicado

O Tron C1 é indicado se você busca um ventilador de parede 60cm, e quer o modelo mais bem construído da categoria custo benefício, que tenha durabilidade e resistência maiores, e também manuseio e montagem facilitados.

3. Wap Pro 60

Ventilador de parede Wap Pro 60 com grade em metal preto, com motor e base de encaixe mais largos

Nossa Avaliação
🥉 3º Lugar Custo Benefício
🥉

Ficha Técnica

Tamanho (Pás / Grade)48 cm / 56 cm
Vazão de Ar0,84 m³/s
Área de VentilaçãoAté 20 m²
Consumo (Inmetro)2,69 kWh/mês (A)
Potência135W
Dimensões (A x L x P)56 x 40 x 56 cm

Prós e Diferenciais

O primeiro grande diferencial do Ventilador de Parede WAP Pro 60 é o consumo de energia, sendo categoria A no Inmetro, com apenas 2,69 kWh/mês. Isso o torna uma excelente opção se você precisa de algo para ficar ligado durante longos períodos.

O que o torna ainda melhor para utilização contínua é o fato do seu motor ter rolamentos que o tornam mais resistente, com diminuição de atrito, aumentando bastante sua vida útil. Ele é um dos únicos do mercado a ter 5 pás, o que segundo a WAP, aumenta sua aerodinâmica.

Outro ponto muito interessante do Pro 60 são seus ângulos de oscilação. Na vertical ele se ajusta em até 30°, o que permite que você o coloque bem virado ao chão. Na horizontal ele oscila em até 60°, o que o faz capaz de ventilar áreas de até 20 m² de forma eficaz.

Contras

A chave seletora do Pro 60 é de boa qualidade, o problema é que tem 3 velocidades definidas, o que não é ideal para uma versão de parede. Além disso, sua grade tende a trepidar na velocidade mais alta.

Detalhes do Pro 60

WAP Pro 60 visto de cima desligado, instalado em cozinha de azulejos brancos, acima de porta

Para quem é indicado

O Ventilador de Parede Wap Pro 60 é indicado se você deseja um ventilador de parede durável, e quer um aparelho para ficar ligado horas a fio sem comprometer a conta de luz, e precisa de algo durável que tenha bom alcance da rajada de vento produzida.

Ventiladores de Parede Tops de Linha

Chegamos aos melhores ventiladores de parede premium, que partem de R$ 300 em média.

Eles são os mais indicados se você precisa de aparelhos para ambientes comerciais maiores, como academias ou lanchonetes, e também para igrejas e templos. São versões mais “parrudas”, que aguentam o uso intenso. Vamos a eles:

4. Venti Delta Premium

Ventilador de parede Venti Delta Premium com grade em metal preto e 4 pás largas na cor branca

Nossa Avaliação
🏆 Melhor Top de Linha 🏆

Ficha Técnica

Tamanho (Pás / Grade)44,5 cm / 49 cm
Vazão de Ar0,99 m³/s
Área de VentilaçãoAté 40 m²
Consumo (Inmetro)5,28 kWh/mês (D)
Potência170W
Dimensões (A x L x P)67 x 16 x 52 cm

Prós e Diferenciais

A Delta é uma empresa focada na produção de ventiladores de padrão superior, e o Ventilador de Parede Premium é a melhor versão de parede da marca.

Seu principal diferencial em relação aos concorrentes são as 4 pás largas de polipropileno natural.

Elas são bem mais resistentes e duráveis que as pás convencionais, e ainda pelo seu formato mais largo, deslocam uma quantidade de ar maior a cada rotação. Isso faz ele produzir colunas de ar mais abrangentes, que podem ventilar uma área de até 40 m².

Além das pás, o motor do Delta Premium é muito bem finalizado, tendo eixo com dois rolamentos, o que reduz trepidação, ruídos e prolonga a vida útil dessa peça. O metal da sua grade tem proteção anticorrosão, o que o faz muito bom para áreas externas.

Contras

O dimmer do Ventilador de Parede Venti Delta Premium funciona ao contrário, reduzindo a velocidade ao invés de aumentá-la, o que é bem confuso. Além disso, é o que mais consome energia nessa lista segundo o Inmetro (5,06 kWh/mês).

Detalhes do Venti Delta Premium

Venti-Delta visto de cima desligado, instalado em área externa de casa

Para quem é indicado

O Venti Delta Premium é indicado se você procura um ventilador de parede para academia, e quer um modelo avançado que sirva muito bem para galpões, devido a sua robustez e grande área de abrangência de ventilação.

5. Tron Premium

Ventilador de parede Tron Premium com grade em plástico preto menos vazada, com 6 pás finas e pretas

Nossa Avaliação
🥈 2º Lugar Tops de Linha
🥈

Ficha Técnica

Tamanho (Pás / Grade)40 cm / 50 cm
Vazão de Ar1,10 m³/s
Área de VentilaçãoAté 40 m²
Consumo (Inmetro)3,69 kWh/mês (B)
Potência130W
Dimensões (A x L x P)50 x 33 x 50 cm

Prós e Diferenciais

O Ventilador de Parede Tron Premium é um dos ventiladores de parede mais avançados da atualidade porque consegue juntar duas características que dificilmente estão juntas nesse tipo de aparelho: força e silêncio.

Ele é o modelo mais potente dessa lista, com vazão de ar máxima de 1,10 m³/s. Sua grade tem um desenho diferente de outras versões, mais parecida com um ventilador de mesa, que faz ele produzir rajadas bem concentradas, passando aquela sensação de vento forte batendo.

Mas mesmo tendo uma ventilação forte, esse Tron é extremamente silencioso para uma versão de parede. Há vários consumidores que os instalam em quartos e os utilizam para dormir, o que é bem raro nesse segmento.

Outra coisa que faz ele ser muito indicado também para o uso doméstico é o seu design.

Ele não tem o aspecto “grosseiro” das versões de parede, já que sua grade é feita de polipropileno. Ele também tem 5 combinações de cores para as pás (vermelho e azul) e grades (branco e preto), o que o faz bem legal para quem quer algo diferente, que chame a atenção.

Contras

Como acontece no Tron C1, a chave de parede do Ventilador de Parede Tron Premium não acompanha a qualidade de construção do produto. Além disso, a rede de assistência é mais limitada que outras marcas concorrentes.

Detalhes do Tron Premium

Tron Premium preto instalado em sala de residência, ao lado da porta de entrada

Para quem é indicado

O Tron Premium é indicado se você busca um ventilador de parede silencioso, e quer um produto top de linha que gere rajadas de vento fortes e concentradas, que vá bem tanto para ambientes comerciais e galpões, quanto para se ter em casa.

6. Ventisilva VPL

Ventilador de parede Ventisilva VPL com grade em metal grande em formato oval pouco vazada, com 6 pás largas

Nossa Avaliação
🥉 3º Lugar Tops de Linha
🥉

Ficha Técnica

Tamanho (Pás / Grade)54 cm / 65 cm
Vazão de Ar1,00 m³/s
Área de VentilaçãoAté 40 m²
Consumo (Inmetro)4,13 kWh/mês (B)
Potência163W
Dimensões (A x L x P)67 x 22 x 67 cm

Prós e Diferenciais

A Ventisilva é uma fabricante de São Paulo especialista em ventiladores de parede, tendo seus produtos espalhados pelos comércios da capital paulista. E o Ventilador de Parede Ventisilva VPL é o modelo que mais se destaca.

A grande vantagem desse ventilador é sua qualidade de construção muito diferenciada, que o faz durar anos. O primeiro ponto é sua pintura epóxi, que o faz ser muito resistente, principalmente a umidade. Isso o faz excelente para áreas abertas ou galpões, como igrejas.

Além disso, seu motor é todo rolamentado, o que reduz a fricção e trepidação, aumentando ainda mais sua vida útil. Sua grade é enorme, com soldas quase perfeitas, que fazem ela proteger muito bem as pás e o eixo de rotação.

Outro bom diferencial do VPL é o tamanho das pás, de 54 cm. Pás grandes deslocam uma massa de ar maior por cada giro do eixo, o que resulta em colunas de vento mais abrangentes, com mais área ventilada por aparelho. O VPL dá conta de ventilar áreas de até 40 m² de forma eficiente.

Contras

Por ser bem grande e robusto, o Ventilador de Parede Ventisilva VPL acaba sendo o modelo mais pesado dessa lista, com 6kg, o que dificulta a instalação. O encaixe das grades é feito por presilhas plásticas, o que destoa da qualidade do conjunto.

Detalhes do VPL

Ventisilva VPL visto de cima desligado, instalado em parede de bar

Para quem é indicado

O Ventisilva VPL é indicado se você está em busca de um ventilador de parede para igreja, e quer um produto premium robusto e muito durável, que seja capaz de gerar grandes rajadas de vento que dão conta de galpões e comércios bem amplos.

Ventiladores de Parede Bons e Baratos

Para encerrar a análise dos modelos, trazemos os melhores ventiladores de parede bons e baratos, que custam até R$ 180 em média.

Eles são os mais indicados se você precisa ventilar ambientes pequenos, com menor circulação de pessoas, ou até mesmo algo simples pra sua casa, não quer gastar mais em um aparelho avançado, mas deseja um ventilador de parede eficiente e bem acabado. Vamos ao nosso eleito:

7. Ventisol New 50

Ventilador de parede Ventisol New 50 com grade em metal pequena e vazada, com 3 hélices pequenas

Nossa Avaliação
🏆 Melhor Bom e Barato 🏆

Ficha Técnica

Tamanho (Pás / Grade)44 cm / 50 cm
Vazão de Ar0,86 m³/s
Área de VentilaçãoAté 20 m²
Consumo (Inmetro)1,98 kWh/mês (A)
Potência130W
Dimensões (A x L x P)52 x 40 x 52 cm

Prós e Diferenciais

O Ventilador de Parede Ventisol New 50 é o ventilador de parede de mais qualidade pelo menor preço da atualidade, podendo ser encontrado na faixa de R$ 180.

Seu primeiro bom diferencial é a eficiência de ventilação. Mesmo tendo pás de tamanho menor (44cm), ele consegue gerar uma vazão de ar bem adequada (0,86 m³/s), o que é ótimo para um produto de entrada. Isso faz com que ele ventile bem até 20 m² de área em média.

Esse Ventisol também é um modelo muito econômico, sendo classe A do Inmetro em velocidade máxima (1,98 kWh/mês). Isso é muito difícil para um ventilador de parede, o que o torna uma excelente solução se você precisa de algo para ficar ligado por longos períodos.

Outro ponto legal é o fato do New 50 ser muito compacto, medindo apenas 52 x 40 cm. Isso o faz caber nos menores espaços, sendo muito bom para comércios pequenos. Pelo seu preço, ele também é uma boa solução se você precisa comprar vários aparelhos de uma só vez.

Contras

Como todo produto de entrada, o Ventilador de Parede Ventisol New 50 tem algumas questões de acabamento, principalmente a presilha que prende as grades, que não fixa direito. Ele também trepida um pouco, e faz mais ruído em baixa velocidade.

Detalhes do New 50

Ventisol New 50 instalado no alto de cômodo com teto de forro branco, desligado

Para quem é indicado

O Ventisol New 50 é indicado se você busca um ventilador de parede de entrada, e deseja o aparelho que entregue o melhor acabamento e maior eficiência de ventilação pelo menor preço médio do mercado atualmente.

Como escolher um Ventilador de Parede para a sua casa ou comércio

Como descobrir se um ventilador de parede é bom?

Ventiladores de parede são o tipo de equipamento que causam bastante controvérsia em campos de review de lojas online. Não é difícil encontrar modelos em que metade dos compradores amou, e a o outra metade simplesmente odiou.

E isso acontece principalmente devido à falta de informações na hora da compra. Cada tipo de ventilador supre diferentes necessidades, e isso também se aplica as versões de parede. Antes de escolher seu produto, fique atento aos três pontos à seguir:

Vazão de ar

É a informação que te mostra o volume de vento que o ventilador de parede é capaz de produzir por segundo. A regra é simples, quanto maior esse número, maior a quantidade de ar que a hélice será capaz de movimentar.

Por serem desenvolvidos, na maior parte dos casos, para ambientes comerciais, esses ventiladores costumam ter vazão de ar maior, de 0,8 até 1,5 m³/s. Muitos fabricantes já colocam essas informações nas páginas dos produtos em seus sites, o que facilita na hora da escolha.

Potência

É outro ponto que pode guiar sua decisão de compra em caso de dúvidas. A potência mede a capacidade de um motor de transformar energia elétrica em trabalho, que no caso dos ventiladores de parede é o processo de girar a hélice e produzir vento.

Existem aparelhos mais potentes, que por motivos diferentes não são eficientes, e versões de motor “mais fraco” que são mais eficientes. Mas essas são as exceções, e no geral, ventiladores de parede mais potentes (acima de 100W) entregam maior geração de vento.

Circunferência da hélice

Esse é o ponto que as pessoas menos se atentam ao comprar um ventilador de parede, mas que pode gerar uma diferença de desempenho.

Versões com hélices maiores são capazes de gerar rajadas de vento mais largas, que abrangem uma área ampla no ambiente. No caso de modelos de parede, o tamanho das hélices parte de 50 cm, e pode chegar até 70 cm.

Qualidade de construção e montagem

A principal diferença dos ventiladores de parede dos demais tipos de ventilador é a robustez.

Como esses aparelhos são adquiridos para uso comercial na imensa maioria dos casos, é fundamental que tenham resistência física, já que irão “sofrer” mais do aqueles usados em residências.

Por isso, nessa categoria, é bem comum encontrarmos ventiladores reforçados, com corpo e grade em metal e encaixes e travas bem estáveis.

Além disso, ventiladores de parede contam com hélices maiores (de 44 a 54 cm), e tem montagem bem mais complexa que as versões domésticas, quase sempre exigindo o uso de ferramentas, guias, EPIs e escadas, além de exigir certa habilidade e experiência do montador.

Importante: É fundamental que a instalação seja feita entre 2 a 2,5 metros de altura. A maioria dos ventiladores de parede tem grades vazadas, que permitem a passagem de mãos e dedos de crianças.

Produção de ruído

Por fim, temos o fator que mais causa discórdia quando falamos de ventiladores de parede: o barulho.

Atualmente os fabricantes têm investido cada vez mais em tecnologias que abafam a geração de ruído, e a principal delas é a estrutura lacrada entre o motor e a hélice.

Existem ventiladores de parede bem silenciosos, mas também existem aparelhos que irão fazer com que você se sinta ao lado de uma britadeira. Isso porque esses produtos costumam ser bem potentes, e caso as partes metálicas estejam folgadas, o “batuque” produzido é bem intenso.

Por isso, de sempre prioridade a modelos bem avaliados pelos consumidores. Também fuja de versões muito abaixo dos preços dos concorrentes, já que elas tendem a ter um projeto mais básico, onde as peças cederão precocemente.

Perguntas Frequentes sobre Ventilador de Parede

Quais são as melhores marcas de ventilador de parede?

As melhores marcas de ventilador de parede são Ventisol, Tron, Venti-Delta e Ventisilva.
A Ventisol e a Tron são marcas reconhecidas por fabricarem modelos com ótimo custo benefíco, que tem boa vazão de ar e acabamento adequado. Já a Venti-Delta e a Ventisilva têm modelos avançados, com muita geração de vendo e acabamento premium, indicados para áreas comerciais e igrejas.

Ventilador de parede ou ventilador de teto, qual o melhor?

Ventiladores de parede e de teto são equipamentos indicados para situações diferentes. Os ventiladores de parede são os melhores para áreas comerciais e galpões, onde o ambiente é bem amplo, e o pé direito muito alto.
Já ventiladores de teto são mais indicados para residências, onde você tem espaço para instalar um ou dois equipamentos por cômodo.

Ventiladores de parede consomem muita energia?

Os ventiladores de parede são aparelhos que consomem menos energia proporcionalmente a versões de teto, e bem menos que equipamentos de ar-condicionado. A maioria dos modelos fica na faixa de 3 a 5 kWh/mês.
Sempre que for comprar um ventilador, vale ficar de olho na etiqueta do Inmetro que mostra o quanto aquele aparelho gasta em cada velocidade, além da sua eficiência energética.

Até o próximo post!

7 comentários em “Guia de Compras: Os 7 Melhores Ventiladores de Parede em 2024!”

  1. Eu amo ventilador com barulho do vento, asaim nao wscuto cachorro latim, carro pasaa gente fala. O mei parece um helicóptero.

  2. Muito obrigada por compartilhar essas informações. Melhor que muitos vendedores de loja. Seria ótimo se pudessemos ter essa atenção e explicação de um produto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *